EMPRÉSTIMO PESSOAL COM NOME SUJO: ENTENDA

O empréstimo com nome sujo é do que o ato de alguém que está negativado solicitar ao banco ou corretora dinheiro emprestado para alguma utilidade eventual, como até quitar as dívidas existentes.

Atualmente a gente nuca sabe em que momento e em qual circunstância vamos precisar de dinheiro extra para pagar alguma despesa que não estava nos planos como: médicas, educacionais ou até profissionais. Pode ser que esse momento chegue quando estamos com o nome sujo. O que fazer então? Ficar parado? Claro que não. O mercado oferece diversas opções de empréstimo com nome sujo:

  • Empréstimo Pessoal
  • Empréstimo Consignado
  • Empréstimo com Garantia de Imóvel ou Veículo

Essas opções são oferecidas praticamente por todas as instituições financeiras e bancos, claro, cada uma com a sua particularidade, condições e taxas. Vale a pena pesquisar uma por uma na hora de contratar, ainda mais quando se busca um empréstimo com nome sujo.

Os documentos solicitados para esse serviço normalmente são: RG e CPF; comprovante de endereço (três últimos meses); CLT (holerites de dois meses anteriores); empresário ou autônomos (extrato movimentado dos últimos 2 meses). A documentação é basicamente a mesma feita por quem está em dia com as contas.

A partir disso os bancos fazem uma pesquisa pelo CPF do solicitante para saber mais detalhes da dívida que ele tem e uma análise de crédito. Esse momento pode ser mais demorado do que o normal por conta do perfil do cliente solicitante.

SOLICITAR OU NÃO EMPRÉSTIMO COM NOME SUJO?

 

Não tem resposta certa. É preciso analisar caso a caso, mas que fique claro que o valor recebido deve ser utilizado de forma consciente para que não entre na situação de inadimplência novamente. Organizar as finanças é o primeiro passo para sempre estar de bem com as contas.